facebook
RSS

A influência dos sotaques

mai - 15 - 2012
Rafa Canada

Está pesquisando destinos para seu intercâmbio e se preocupa com sotaques? Ouviu falar que sotaques de X ou Y países são difíceis de entender? Esta baseando a escolha da sua escola no tipo de aluno que estuda nela?
Se vc está com essas dúvidas ou problemas para definir onde realizar seu intercâmbio, então talvez essa matéria seja interessante para vc.
Como muitos de vcs já devem saber, eu trabalho com intercâmbio há 5 anos já. Nesse tempo de trabalho, já ouvi de tudo na hora de atender clientes buscando por opções de escolas e em dúvida por conta dos sotaques.
Então resolvi escrever este artigo.
Até onde os sotaques do país onde vamos estudar deve ou pode influenciar no nosso aprendizado?
Na verdade, o sotaque do país não influencia muito no seu aprendizado em si. O que faz realmente diferença são as pessoas que teremos contato durante esse aprendizado. De que adiante fazer inglês no Canadá, Irlanda, EUA, etc, se vc vai andar o tempo todo com seus amigos brasileiros da escola? Se vc evitar conversar com Árabes ou Japoneses pois vc não entende o que eles falam?
Aprender inglês nada mais é do que ser capaz de se comunicar de forma descente e significativa nessa língua. Mas ai vem a questão, comunicação é uma via de 2 mãos, vc se expressa e vc interpreta a expressão dos outros. Se vc evitar o contato com as diversas formas com a qual cada cultura possui para se expressar no aprendizado de outra língua, vc está na verdade restringindo o seu aprendizado. Afinal, desde quando aprender a falar inglês com um americano significa que vc vai entender o que um Chinês está dizendo, quem dirá então um Indiano. Cada povo tem um sotaque diferente. Ser hábil em entender cada um deles é o que vai tornar vc fluente nesse idioma. Quem garante que vc vai se comunicar somente com ingleses ou canadenses no seu trabalho? E se vc for contratado para ficar responsável por um departamento da empresa que lida com a China e vc relutou seu intercâmbio inteiro em se relacionar com chineses porque era difícil entender o que eles diziam?
Esses são apenas pequenos exemplos da importância de estar aberto a conversar e aprender o máximo possível os diferentes tipos de sotaques que existem por ai.
Por outro lado, evitar o contato com brasileiros é obviamente a melhor maneira de se concentrar no aprendizado do idioma e fazer melhor proveito do tempo que se está passando fora.
Minha dica então, na questão sobre sotaques é, procure um país e escolas com a maior diversidade possível de nacionalidades, para que vc seja capaz de aprender e reconhecer a maior quantidade de sotaques possíveis e, com isso, propiciar a vc mesmo um leque maior de possibilidades de comunicação no futuro.

Se vc achou esse post útil, clique em curtir e compartilhe com seus amigos

Tópicos Relacionados a esse tema:


A influência dos so

Está pesquisando destinos para seu intercâmbio e se preocupa com ...

Tabela de Tarifas DH

Mais uma vez o blog 100% Canadá larga na frente ...

Solicitação de ret

Vc está pensando em ir para o Canadá e pretende ...

Vale a pena investir

Esta pensando em fazer intercâmbio mas não sabe se vale ...

Transporte público

Transporte público em Vancouver O transporte público em Vancouver é extremamente ...