facebook
RSS

Saiba como imigrar para o Canadá

set - 8 - 2011
Rafa Canada

Quer imigrar mas não sabe por onde começar? Qual o programa de imigração ideal para mim? Como são as regras para imigrar para o Canadá? Sou formado e quero trabalhar no Canadá, como posso fazer?

 

Antes de mais nada, é preciso entender o que significa o processo de imigração e quais direitos e deveres um imigrante tem.

Basicamente as únicas diferenças de um cidadão para um imigrante são o direito ao voto e permissão de permanência indefinida.

 

O imigrante portanto não pode votar e ganha uma permissão de permanência de 5 anos, onde, no decorrer desses 5 anos, ele dão deve ficar mais de 6 meses seguidos fora do Canadá, para não caracterizar desistência da imigração.

Ser imigrante é parte do processo para se tornar cidadão (o Canadá permite que seus cidadãos tenham dupla cidadania). Para tanto, o imigrante deve comprovar que ficou 3 anos no Canadá, dentro do período de 5 anos ao qual ele teve direito de permanência. Sendo assim, é possível que o imigrante saia e volte ao Canadá inúmeras vezes, apenas tomando cuidado para não ficar fora por mais de 6 meses e se atentando a concluir os 3 anos totais caso deseje se tornar cidadão.

 

- Formas de imigrar

São várias as formas de se tentar o processo de imigração, cada uma delas requer certas características do requerente, sendo que as variáveis podem ser a formação, forma como exerce a profissão, experiência de trabalho, capacidade de adaptação (línguas e família) e perfil socio-econômico.

 

Tipos de processos:

 

A – Federal Skilled Worker (trabalhador qualificado)

Profissionais qualificados são avaliados através de um sistema de pontuação onde diversos critérios são levados em consideração, por exemplo: nível de escolaridade, experiência de trabalho, idade, fluência em inglês ou francês, existência de uma oferta de trabalho e adaptabilidade.

 

Como proceder:

O primeiro passo é verificar se o candidato se qualifica para esse processo. Para isso são dois passos que devem ser feitos.

1- Verificar a lista de profissões em demanda para o processo. Veja o link aqui

2- Realizar a simulação de qualificação nessa categoria. Veja o link aqui

A pontuação a ser atingida no teste é 67.

É preciso que o candidato seja honesto no momento de realizar o teste acima, de nada vai adiantar inventar parentes morando no Canadá, proposta de emprego e aumentar os níveis de inglês e francês para aumentar a pontuação, pois todas essas informações serão analisadas depois. Portanto, quanto mais honesto no teste, menor a chance do candidato se enganar e perder tempo em um processo que poderá não dar resultado. (a pontuação pode mudar a qualquer momento, verifique sempre no site qual a marca a ser batida).

 

Feitos os 2 primeiros passos e confirmado o potencial para imigrar por esse processo, é preciso então começar a coletar os documentos e preencher os formulários para dar entrada no processo.

 

O primeiro documento que deve ser providenciado é o teste IELTS (teste de proficiência de língua inglesa) ou o DELF (teste de proficiência de língua francesa).

 

Ao receber o resultado do teste, adicione o documento junto aos outros da lista e envie para o consulado.

 

Valores para o processo:

Profissional Qualificado – Requerente Principal – CAD$550

Cônjuge, parceiro (a) conjugal ou parceiro (a) de união estável e filho dependente com 22 anos de idade ou mais – CAD$550

Filho dependente menor de 22 anos de idade – CAD$150

Taxa de direito de residência permanente (requerente principal e cônjuge) – CAD$490

 

 

B – Business Immigrant, Enterpreneur ou Self-Imployed (investidor ou trabalhador autônomo)

Imigrantes empresariais incluem empreendedores, investidores e autônomos. É preciso satisfazer os requesitos mínimos dessa classe. Entre as exigências estão, por exemplo, experiência empresarial e um patrimônio de valor especificado obtido legalmente.

Tanto investidores como empreendedores deverão apresentar documentação comprovando que, durante dois dos últimos cinco anos, foram proprietários e administraram uma empresa qualificada que satisfaça os requesitos de número de postos de trabalho, volume em vendas, rendimento líquido e ativo líquido.

Autônomos devem satisfazer os requesitos definidos relacionados a experiência e atividades econômicas prescritas. Tais atividades incluem as seguintes áreas: cultura, esporte ou compra e administração de uma fazenda.

 

Como proceder:

Existem 2 formas de aplicar, pelo processo simplificado ou não.

Não poderão aplicar pelo processo simplificado quem for investidor, se já tiver sido aprovado por Quebec ou se vive no Canadá.

O processo simplificado serve para garantir um espaço na fila de aplicações e também garantir que os termos da data da aplicação sejam mantidos, caso haja alguma alteração no processo em um futuro breve. Dessa forma, quem aplica por esse processo será avaliado pelas leis da data em que aplicou.

 

Valores para o processo:

Classe de Negócios (Investidor/Empreendedor) – Requerente Principal – CAD$1050

Cônjuge, parceiro (a) conjugal ou parceiro (a) de união estável e filho dependente com 22 anos de idade ou mais – CAD$550

Filho dependente menor de 22 anos de idade – CAD$150

Taxa de direito de residência permanente (requerente principal e cônjuge) – CAD$490

 

 

C – Canadian Experience Class (CEC)

Essa é, na minha opinião, a melhor das formas de imigrar para o Canadá, pelo menos para a grande maioria das pessoas que tem desejo de assim o fazer. Esse programa é bastante restrito porém, se o candidato se encaixa no requisitos, é garantido e rápido (tempo de duração do processo). Esse processo exige tempo, pois requer que o candidato já esteja no Canadá de 2 a 3 anos.

Como proceder

Esse programa tem apenas 2 categorias, sendo elas: estudo e trabalho.

1- Estudos:

a) O candidato DEVE ter um diploma de nível superior canadense em um curso que seja full-time (o curso deve ser registrado e regulamentado como full-time pela instituição), de 2 anos de duração (caracterizados por 16 meses de estudos ou 4 semestres em 24 meses) em uma instituição pública ou uma particular autorizada pela imigração.

b) ou um programa de mestrado de um ano (certificados e diplomas não podem serão aceitos) e um ano adicional de educação, obtida no Canadá, antes da admissão no mestrado (para uma somatória total de dois anos).

c) Como um pós-graduado de uma instituição de ensino pós-secundário educacional canadense, você deve ter um ano de experiência em tempo integral de trabalho, ou equivalente, no Canadá APÓS a graduação (37,5 horas por semana representa trabalho integral). Sua experiência de trabalho deve ser adquirida dentro de dois anos de aplicação (Experiência profissional adquirida durante os seus estudos não conta para satisfazer os requisitos de experiência de trabalho. Só a experiência profissional adquirida APÓS a graduação pode ser contado).

d) Sua experiência de trabalho DEVE ser Tipo 0, ou nível A ou B no NOC (Se você não atender os requisitos de experiência mínima de trabalho, o seu pedido de residência permanente sob o CEC será recusado).

e) Você tem que provar sua capacidade em Inglês ou Francês para se qualificar para a residência permanente sob o CEC. O nível mínimo exigido varia de acordo com o profissão escolhida no NOC. Os teste aceitos são o IELTS para inglês e DELF para Francês.

 

2- Trabalho:

a) Para classificar para o processo do CEC você precisa ser um trabalhador temporário estrangeiro com, pelo menos, dois anos de experiência em tempo integral de trabalho (ou equivalente) em uma das profissões do NOC, Tipo 0, ou nível A ou B.

b) Aplicar enquanto trabalhar no Canadá – ou – dentro de um ano após ter deixar o seu emprego no Canadá.

c) Você tem que provar sua capacidade em Inglês ou Francês para se qualificar para a residência permanente sob o CEC. O nível mínimo exigido varia de acordo com o profissão escolhida no NOC. Os teste aceitos são o IELTS para inglês e DELF para Francês.

 

 

D – Provincial Nominees (Processos independetes de cada província)

Esse é um processo que varia de cada provincia, sendo não só as características dos candidatos que variam como também as regras do processo em si.

Como proceder

A maioria das províncias do Canadá tem um acordo com o Governo que lhes permite nomear os imigrantes que desejam se estabelecer naquela província. Se você optar por imigrar para o Canadá por esse programa, você deve primeiro aplicar à província onde você deseja imigrar e completar o seu processo de nomeação provincial. A província vai considerar a sua aplicação com base nas necessidades da imigração e sua intenção genuína de se estabelecer lá.

 

Aqui está uma lista das províncias e territórios que participam actualmente no programa. Uma vez que os critérios variam entre as províncias, você deve visitar os seus sites para mais informações (informações em inglês).

Alberta

Manitoba

Newfoundland and Labrador

Ontario

Saskatchewan

British Columbia

New Brunswick

Nova Scotia

Prince Edward Island

Yukon

Northwest Territories

 

 

E – Quebec-Selected Skilled Worker (trabalhador qualificado por Quebec)

Sob o Acordo de imigração entre Canadá e Quebec, Quebec estabelece a seus próprios requisitos de imigração e seleciona imigrantes que irão se adaptar bem à vida em Quebec.

 

Se você quiser ir para Quebec como um trabalhador qualificado, primeiro você deve seguir um processo de seleção em separado antes de sua aplicação ser finalizada pela Imigração do Canadá.

Você deve portanto, primeiro aplicar ao governo de Quebec para um certificado de seleção (Certificat de sélection du Québec). Este é o documento oficial que mostra que o Governo do Quebec aceitou para esse província.

Em Québec, a prática de alguns ofícios e profissões é regulamentada

Verifique nos links abaixo (em inglês) para saber se o seu trabalho ou profissão é regida por um órgão regulador ou objecto de regulamentação. Isto lhe dará uma idéia preliminar das condições que você terá que cumprir a praticá-la em Québec e dos passos que você terá que tomar a fim de apresentar o seu arquivo para a organização. Esta preparação vai acelerar sua entrada no mercado de trabalho.

Information service on regulated professions and trades

Professions governed by a professional order

Teaching profession

Professions governed by the Autorité des marchés financiers (AMF – financial market authority)

Regulated trades in the construction industry

Regulated vocational qualifications

 

Como proceder:

O processo para imigrar por Quebec como trabalhador qualificado então, assim como o federal, requer um teste de avaliação para saber se o candidato é elegível para realizar o processo ou não.

- Em inglês: clique aqui

- Em francês: clique aqui

Requisitos para o processo, clique aqui

 

Valores do processo:

Profissional Qualificado por Quebec – Requerente Principal – CAD$550

Cônjuge, parceiro (a) conjugal ou parceiro (a) de união estável e filho dependente com 22 anos de idade ou mais – CAD$550

Filho dependente menor de 22 anos de idade – CAD$150

Taxa de direito de residência permanente (requerente principal e cônjuge) – CAD$490

 

 

F – Sponsoring your family (para familiares de imigrantes ou cidadãos canadenses)

Seu esposo ou sua esposa, companheiro(a), pai e/ou mãe, filho(a) residente no Canadá deve iniciar o processo ao dar entrada com uma solicitação de apadrinhamento pela classe família no Centro de Processamento de Casos da província de Ontario. O membro de sua família, a quem se refere como “apadrinhador”, deve provar que dispõe de meios financeiros para sustentar os “apadrinhados”.

Será necessário apresentar comprovantes de identidade, de grau de parentesco com seu apadrinhador, certidão negativa de antecedentes criminais e atender às exigências médicas e de segurança determinadas pelo governo canadense para todos os imigrantes para que sua solicitação possa ser aprovada.

Há dois processos diferentes para patrocinar sua família. Um processo é usado para patrocinar o seu cônjuge, companheiro conjugal ou de direito comum e / ou filhos dependentes. Outro processo é usado para patrocinar outros parentes elegíveis.

Se você patrocinar um parente para ir para o Canadá como residente permanente, você é responsável por apoiar financeiramente o seu parente, quando ele ou ela chegar. Como patrocinador, você deve se certificar que seu cônjuge ou parente não precise procurar ajuda financeira do governo.

 

Como proceder:

O processo de candidatura envolve duas partes:

- Se você é um cidadão ou residente permanente do Canadá, você deve aplicar para patrociná-los.

- Seu cônjuge, companheiro de direito comum ou conjugal, ou filhos dependentes também deve aplicar para a residência permanente.

Se você patrocinar seu cônjuge ou parceiro, e seus filhos dependentes, como um grupo, todos os seus pedidos de residência permanente deve ser preenchido, ao mesmo tempo para ser enviado junto.

Os pedidos de ambos os patrocínios e de residência permanente deve ser preenchido e enviado, ao mesmo tempo. Há duas etapas para processar os formulários de candidatura:

- A aplicação de patrocínio é processado pelo Centro de Processamento de caso (CPC), em Mississauga, Ontário (para os membros da família que vivem fora do Canadá), ou o CPC em Vegreville, Alberta (para os familiares que vivem no interior do Canadá).

- Se você for aprovado como um patrocinador, o pedido de residência permanente é enviado para o escritório do visto apropriado canadense.

Você vai precisar de um pacote de formulários para o patrocinador e um pacote de pedido de residência permanente para o seu cônjuge, criança de direito comum ou conjugal, parceiro ou dependente.

Dependendo se seus parentes vivem dentro ou fora do Canadá, os pacotes de aplicativos para o patrocinador e residência permanente são diferentes. Certifique-se de escolher o pacote de aplicativos corretos.

 

Valores do processo:

Cônjuge, parceiro (a) conjugal ou parceiro (a) de união estável e filho dependente com 22 anos de idade ou mais – CAD$550

Filho dependente menor de 22 anos de idade – CAD$150

Taxa de direito de residência permanente (requerente principal e cônjuge) – CAD$490

 

>>>> Se vc achou esse post útil, clique em curtir e compartilhe com seus amigos >>>>

 

Tópicos Relacionados a esse tema:

5 Responses so far.

  1. Renan disse:

    Boa tarde, gostaria de pedir uma ajuda pois nao encontrei ninguem aqui com o mesmo problema. Eu tenho visto de estudante e de trabalho até Setembro de 2013 e estou prestes a aplicar para uma universidade aqui em Toronto e estou com medo de nao ser aprovado nos testes. A minha namorada/esposa (na verdade temos um contrato de uniao estavel) já esta na universidade e ela tem um visto de 2 anos (que sera extendido no final do proximo semestre pois a faculdade disse que o consulado nao concede vistos por todo o tempo de curso, só de 2 em 2 anos). Entao eu gostaria de saber se teria como eu renovar os meus vistos tendo em vista que quero permanecer aqui com a minha esposa? Eu nao sei se é verdade mas parece que tem um pocesso de renovaçao para conjuges, caso tu tenha alguma informaçao me ajudaria muito. Obrigado.

  2. Rafa Canada disse:

    Olá Renan, beleza?

    Cara, se ela já está na faculdade. Quando ela for renovar, faça uma solicitação de permissão de trabalho, pois vc tem direito a isso. Veja esse link da imigração: http://www.cic.gc.ca/english/work/apply-who-eligible.asp

    Boa sorte!!

    Ah!! Esse lance de eles não darem o visto por mais de 2 anos é balela… vejam a data de expiração do seu passaporte, isso pode influenciar, pois eles não vão emitir um visto com duração superior ao vencimento do seu passaporte.

    Abs

  3. Renan disse:

    Muito obrigado pelas as dicas. Sempre to dando uma lida no seu site e por incrivel que pareça eu esqueci de voltar aqui para ver se alguem tinha respondido.

    Uma dica, eu nao sei como isso funciona mas voce poderia colocar um daqueles sistemas de alerta que toda vez que alguem comenta em um especifico assunto as pessoas que comentaram la tambem, recebem um alerta por email.

  4. patricia disse:

    Ola.. estou pensando em ir para O Canada .. tenho uma tia e um tio que ja moram la.. mas estao independentemente um do outro.. minha tia mora ha mais de 25 anos.. alguem saberia me dizer se posso ir sob o apadrinhamento da minha tia… tenho 37 anos e pretendo trabalhar como paralegal ou assistente juridico… obrigada. Patricia

  5. Rafa Canada disse:

    Olá Patrcia,

    Sinto muito mas infelizmente vc ter família lá ou não tanto faz. A imigração vai analisar vc e quais seus planos de viagem, sendo assim, para vc ir a trabalho, vc precisará aplicar para um visto de trabalho, o que só pode ocorrer mediante uma oferta de trabalho e demais processos referentes a esse tipo de visto. Para mais informações sobre isso, procure a parte sobre trabalho no blog, ok?


A influência dos so

Está pesquisando destinos para seu intercâmbio e se preocupa com ...

Tabela de Tarifas DH

Mais uma vez o blog 100% Canadá larga na frente ...

Solicitação de ret

Vc está pensando em ir para o Canadá e pretende ...

Vale a pena investir

Esta pensando em fazer intercâmbio mas não sabe se vale ...

Transporte público

Transporte público em Vancouver O transporte público em Vancouver é extremamente ...